Dai 28 – Um ótimo quadrinho para crianças

dia-28

Cara, não adianta, sou brasileiro e não podia dar outra se não Turma da Monica. Desde moleque venho acompanhando as aventuras da turminha e hoje em dia, quando tenho tempo livre, as vezes pego os gibis do meu irmão pra dar uma folheada.

Certamente terá gente reclamando, falando que o quadrinho incentiva coisas como o bullying e a gula, porem temos sempre de lembrar que os personagens foram criados a partir de características que muitas crianças possuem, as elevando para dar mais vida a cada personagem. E isso não está presente apenas no grupo principal.

Temos o viciado em TV, o que fala coisas ao contrário, o que quer ser cientista, aquele que se acha todo, entre outros. São estereótipos? Não deixa de ser. Porem ao meu ver que graça teria o quadrinho sem esses elementos? Isso que é o fundamental em um quadrinho para crianças em minha opinião.

Tem de ser algo divertido e ao mesmo tempo que tenha personagens cativantes com os quais ela possa se identificar. Sem contar que existem diversas histórias que ensinam valores. Quem não se lembra da campanha da turminha contra as drogas? Não podemos descartar um material apenas olhando os pontos negativos sem realmente ir a fundo.

Para aqueles que desejam algo mais “desconhecido” vou recomendar 2 quadrinhos que meu irmão adora, pois quem melhor pra isso do que uma criança? Aposto que já devem estar pensando que ele vai indicar algo mainstream, não é? Bem, de acordo com o Arthur seus HQs favoritos são Franklin Richards: Filho de um Gênio e Bom de Briga. Eu ia pegar emprestado pra ler e falar um pouco melhor aqui mas ele não deixou, haha.

Texto publicado originalmente em 21/11/2014

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.