Primeiras Impressões: Green Blood

Do mesmo criador do fantástico manga Rainbow (que talvez alguns não conheçam, mas que pretendo fazer um post algum dia) surge então outra obra histórica intitulada Green Blood.

Esse manga conta uma historia que acontece no período do velho oeste, em uma região violenta e decadente chamada de Five Points (Cinco Pontos), governada por gangues, e povoada por americanos e imigrantes irlandeses (Por isso o nome “Sangue Verde”)

Nisso nos é apresentado 2 irmãos, com lados bem opostos, que tentam sobrevir a este inferno. Luke é um jovem trabalhador, honesto e esforçado, que so se envolve nos podres da cidade por causa de seu coração puro e ingênuo. Seu irmão Brad, por outro lado, é calmo, desleixado, e faz nada da vida, pelo menos durante o dia.

A noite ele é o Grim Reaper (Ceifador), o pistoleiro mais temido de Five Points, que recebe missões regularmente da gangue Grave Diggers (Escavadores de Túmulos) para assassinar pessoas por míseros 10 dólares.

Não vou entrar em mais detalhes sobre o plot porque so saiu 1 volume ate o momento.

No geral Green Blood tem uma historia simples nesse seu inicio, que visa mostrar os podres da sociedade da época instigando o leitor a sentir raiva do que lhe e apresentado, e mostrando que ninguém é 100% bonzinho como ocorre em muitos shounens por ai.

Tudo isso é apresentado com uma arte fantástica que por si so já e capaz de atrair novos leitores devido a sua tamanha beleza e realismo, que se mostram essenciais para demonstrar as outras qualidades já citadas do manga.

Se não curtiu a sinopse pelo menos de uma chance e leia pela arte que e capaz de fazer qualquer um babar e urrar ao mesmo tempo enquanto chora por ver algo tão belo.

Texto publicado originalmente em 25/07/2012

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.